Avenida. Rio Branco, 289 - Centro 56.800-000  -  Afogados da Ingazeira / PE

Fone: (87) 3838-1221 
Pároco: Pe. Gilvan Bezerra de Lima


 

Natal não deve ser tratado simplesmente como uma lembrança, disse dom Egidio durante a Missa do Galo

Dentro das festividades do Padroeiro Senhor Bom Jesus dos Remédios, neste sábado (24 de dezembro), foi celebrado o nascimento de Jesus com a Missa de Natal (Missa do Galo) que foi presidida pelo bispo da diocese de Afogados da Ingazeira, dom Egidio Bisol, e concelebrada pelos padres Josenildo Nunes, Juacir Delmiro e Rogério Veríssimo.

A missa teve início às 21h e contou com uma grande participação dos fieis que foram participar da Celebração em que se comemora o nascimento do Salvador.

Dom Egidio disse que o Natal trás para todos, independente da fé, sentimentos positivos, um convite para abrir o coração para a fraternidade, um convite para trabalhar pela paz e que esses desejos estão enraizados dentro da nossa própria natureza humana. O bispo ainda afirmou que o Natal tem adversários, citando o consumismo como um exemplo. “Nós percebemos que o Natal encontra muitos adversários, parece uma coisa estranha, mas é assim. Não é todo mundo que deseja a paz. O Natal é ameaçado e tem formas externas que não dependem de nós e que ameaçam o Natal. O consumismo, por exemplo, que já fez do Natal um evento comercial é um inimigo do Natal como nós entendemos e queremos vivê-lo. E precisa muita força para poder resistir a essa onda pesada que nos arrasta também as vezes a entrar nessa perspectiva do consumismo”, disse dom Egidio.

Para finalizar, dom Egidio disse que não podemos tratar do Natal como uma lembrança apenas, pois isso também pode ser considerado um perigo interno. ”Há perigos internos que nascem dentro da própria comunidade e que ameaçam o Natal. Eu queria citar apenas um hoje, que o de tratar o Natal simplesmente como uma lembrança do que aconteceu. O Menino que nasce, nós fazemos a lapinha, é uma criancinha, tudo bem, tudo isso é verdade, mas o Natal é muito mais que uma lembrança. Poderíamos dizer que o Natal nos faz olhar pra frente e não só pra trás. É o anúncio de uma fraternidade que vai além dos gostos, das simpatias. Jesus vem para todos, e nós as vezes teimamos em querer prendê-lo só para nós”, afirmou.

Para o bispo, o nosso papel não é nos enfeitar com a presença Dele (Jesus) que está no meio de nós como professamos, mas de sermos instrumentos para que todo mundo conheça, acolha e experimente a presença e o amor Dele ao seu lado. 

ORAÇÃO À NOSSO SENHOR BOM JESUS DOS REMÉDIOS

Senhor Bom Jesus dos Remédios, morrestes na cruz,

para perdoar nossos pecados, para curar nossos males.

Ressuscitastes, para nos dar vida nova da graça,

para conduzir à glória celestial. Ajudai-nos a fazer o bem

sem olhar a quem, a perdoar aos que nos ofendem, a amar

até os inimigos. Dá-nos servir a todos, como irmão, a fim

de que, na verdade, vivamos, desde agora, o vosso reino,

a vossa paz. Assim seja.

Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios

 

Pe. GILVAN BEZERRA DE LIMA

Nasc.: 23/07/1971

Ordenação12/12/1997

Função: Pároco

Endereço: Av. Rio Branco, 289- Centro.

Cep: 56.800-000 Afogados da Ingazeira/PE

Fone: (87) 3838-1221 

E-mail:

gilvanbezerra@libero.it