Dom Egidio preside Missa dos Santos Óleos na Catedral diocesana

Na noite desta quarta (17) aconteceu na Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios, em Afogados da Ingazeira, a Missa dos Santos Óleos (Missa do Crisma) presidida pelo bispo diocesano, dom Egidio Bisol. Foram abençoados os óleos dos Enfermos, dos Catecúmenos e do Crisma. Também, foram renovados os votos sacerdotais de todo o clero diocesano e foram instituídos acólitos, os futuros diáconos transitórios, Alison Maciel e Adenildo da Silva.
Todos os padres estiveram presentes, com exceção dos que se encontram em missão em outras dioceses (Aderlan e Mairton), outros viajando (Hélio e Evandro), e dois com problemas de saúde (Pedro Alexandre e Afonso). Caravanas de várias paróquias também se fizeram presentes.
Dom Egidio explicou a importância e o significado da Missa do Crisma. “A Missa do Crisma é ocasião importante para novamente experimentar-mos e celebrar-mos o dom da unidade dentro de nossa Igreja Diocesana que não se limita ao Pajeú, a unidade da Igreja, vai além das fronteiras da diocese”, disse dom Egidio, referindo-se ao perfume utilizados para confeccionar o Santo Crisma vindos da diocese de Roraima e as hóstias que foram consagradas durante a celebração foram obras das mãos das Irmãs do Mosteiro De La Vega, na República Dominicana, o qual o Mosteiro São José, em Triunfo, está filiado.