Com missa sem presença física dos fieis, dom Egidio presidiu Solenidade de Corpus Christi, na Catedral

O bispo da diocese de Afogados da Ingazeira, dom Egidio Bisol, presidiu, na tarde desta quinta (11), a Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo (Corpus Christi) na Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios e que contou com as participações do pároco, Pe. Gilvam Bezerra e do diácono Alison Maciel.
 
A missa não contou com a presença física dos fieis que acompanharam a celebração através dos canais da Paróquia (Youtube e Facebook) e da Rádio Pajeú.
 
O bispo falou sobre a importância da Solenidade de Corpus Christi para os cristãos católicos. "Nós somos chamados a vivenciarmos de forma mais profunda o Mistério Eucarístico a deixar que ele molde a nossa vida, para que a nossa vida toda se torne uma vida Eucarística. A Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo nos leva a meditar mais uma vez de forma mais profunda, se possível, sobre o Mistério da Eucarístia. Não só meditar, mas também a vivenciar como nós estamos vivendo agora o que a Eucarístia é para cada um de nós", disse dom Egidio durante a homilia.
 
Ao final da missa, aconteceu a Adoração ao Santíssimo, onde foi pedido por esse momento tão difícil ao qual passa a humanidade com essa pandemia do novo coronavírus.