NOTÍCIAS DA DIOCESE

CNBB divulga mensagem aos brasileiros para as celebrações do dia 7 de setembro

A conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou na sexta-feira (01), mensagem para o dia 7 de setembro, data que marca a Independência do Brasil. No documento, a entidade encoraja as pessoas de boa vontade a se mobilizarem pacificamente na defesa da dignidade e dos direitos do povo brasileiro, propondo “a vida em primeiro lugar”. A instituição convida as comunidades a se unirem ao movimento O “Grito dos Excluídos” e, nesta data também, o Conselho Permanente da CNBB sugere as comunidades rezem juntos pela realidade brasileira no O Dia de Oração e Jejum pelo Brasil.

Leia a mensagem na íntegra:

MENSAGEM DA CNBB

VIDA EM PRIMEIRO LUGAR

 

O “Grito dos Excluídos” nasceu com o objetivo de responder aos desafios levantados por ocasião da 2ª Semana Social Brasileira, realizada em 1994, cujo tema era “Brasil, alternativas e protagonistas”, e aprofundar o tema da Campanha da Fraternidade em 1995, que tinha como lema “Eras tu, Senhor”.

O Grito, realizado no dia 7 de setembro, com suas várias modalidades, é construído com a participação das comunidades cristãs, movimentos, pastorais sociais e organizações da sociedade civil, tem, em 2017, como tema: “Vida em primeiro lugar”, e como lema: “Por direito e democracia, a luta é de todo dia”.

A sociedade brasileira está cada vez mais perplexa, diante da profunda crise ética que tem levado a decisões políticas e econômicas que, tomadas sem a participação da sociedade, implicam em perda de direitos, agravam situações de exclusão e penalizam o povo brasileiro pobre.

O Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, diante do grave e prolongado momento triste vivido no país, sugere às comunidades que, nesta data, sejam acrescentados dois elementos importantes da espiritualidade cristã, para acompanhar as reflexões e as ações sobre a realidade brasileira: UM DIA DE JEJUM E DE ORAÇÃO PELO BRASIL.

Encorajamos, mais uma vez, as pessoas de boa vontade, particularmente em nossas comunidades, a se mobilizarem pacificamente na defesa da dignidade e dos direitos do povo brasileiro, propondo “a vida em primeiro lugar”.

Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, acompanhe o povo brasileiro com sua materna intercessão!

Brasília, 31 de agosto de 2017

Cardeal Sergio da Rocha

Arcebispo de Brasília

Presidente da CNBB

 

Dom Murilo S. R. Krieger

Arcebispo de São Salvador

Vice-Presidente da CNBB

 

Dom Leonardo Steiner

Bispo Auxiliar de Brasília

Secretário-Geral da CNBB

Encerramento da Semana Nacional das Famílias aconteceu em Serra Talhada

O encerramento da Semana Nacional das Famílias na diocese de Afogados da Ingazeira aconteceu neste domingo (20) na cidade de Serra Talhada.

A concentração teve início por volta das 08h, na matriz do Rosário, de onde saíram em caminhada até a matriz da Penha onde ocorreu a concelebração presidida pelo responsável pela Pastoral Familiar na diocese, Pe. Wellington Luiz.

Quase todas as paróquias da diocese se fizeram presentes com suas caravanas. Este ano teve como tema “Família, uma luz para a vida em sociedade”.

Encontro com zeladores da OVS aconteceu em Afogados da Ingazeira

Na sexta-feira, 28 de julho, aconteceu um encontro em Afogados da Ingazeira, na Curia Diocesana, com as zeladoras da OVS das duas paróquias de Afogados da Ingazeira, Senhor Bom Jesus dos Remédios e São Francisco de Assis. Quem coordenou esse encontro foram os dois seminaristas das respectivas  paróquias: Gutembergue Lacerda e Josenildo Teodoro. "Foi um momento de ouvir as dificuldades encontradas pelas zeladoras nessa missão e também uma motivação para continuidade das atividades", disse Gutembergue.
 
"Depois de três anos de reativação da OVS com a nova metodologia, já podemos fazer uma avaliação e melhorar alguns pontos, como por exemplo buscar novos zeladores", disse Josenildo.
 
Quem quiser ser um colaborador busque na sua paróquia os zeladores e entre na  missão de formar os futuros padres da diocese de Afogados da Ingazeira.

Retiro dos Seminaristas da diocese acontece durante as férias

Aconteceu entre os dias 11 a 14, o retiro anual para os Seminaristas da Diocese. Foi o orientador do retiro o Pe. Rogério Marinho, pároco de Calumbi. 

Durante o dia 12, o bispo Dom Egidio esteve visitando-os e almoçou com o grupo. Já manhã do dia 13, o grupo visitou a construção do Mosteiro das Monjas Carmelitas no alto da serra em Triunfo. O retiro aconteceu no Stella Maris em Triunfo e participaram 11 seminaristas maiores (filosofia e teologia) e 4 propedêuticos. O tema central foi  "Voltar à terra do primeiro amor e sentir saudades de Deus" - num reavivamento constante do chamado, frente aos desafios de hoje ! Segundo os participantes foi um momento muito bom para se reanimarem na caminhada, estreitando laço de fraternidade.

Diocese celebrou festa pelos 60 anos e em honra a sua Padroeira

A diocese de Afogados da Ingazeira esteve vivenciando a Festa em honra a sua Padroeira, Santa Maria Madalena. O Tríduo teve início na quarta (19) e neste sábado, 22 de julho, aconteceu o encerramento das festividades com uma grande Concelebração na Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios, em Afogados da Ingazeira.

A celebração foi presidida pelo bispo, dom Egidio Bisol, e concelebrada pelos padres Gilvan Bezerra, Clério Airon, José Valme e Wellington Luiz.

Dom Egidio falou sobre a importância e quem foi Maria Madalena. “Hoje festejamos Aquela que, segundo os Evangelhos, foi a primeira que viu Jesus ressuscitado: Maria Madalena. Há pouco tinha terminado o repouso do sábado. No dia da Paixão não houve tempo para completar os ritos fúnebres, por isso, naquela aurora cheia de tristeza, as mulheres vão ao sepulcro de Jesus com o bálsamo perfumado. A primeira que chega é Ela: Maria de Magdala, uma das discípulas que tinham acompanhado Jesus desde a Galileia, colocando-se ao serviço da Igreja Nascente”, disse.

O bispo também acrescentou que a diocese de Afogados da Ingazeira é a única no Brasil a ter como Padroeira, Santa Maria Madalena.

Papa eleva celebração de Santa Maria Madalena à festa litúrgica

O papa Francisco elevou, em 2016, a celebração de Santa Maria Madalena, comemorada todo 22 de julho, à categoria de festa litúrgica no calendário romano.

O Vaticano explicou que a decisão foi decretada pela Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos por "expresso desejo do Santo Padre Francisco".

A Santa Sé informou que esta iniciativa pretende destacar a importância de Santa Maria Madalena, descrita como "um exemplo de verdadeira e autêntica evangelizadora", uma mulher que foi "mensageira e anunciou a boa notícia da ressurreição do Senhor".

Também, foi apresentado pelo Setor Juventude Diocesano, o Projeto Rota 60: Diocese de Afogados da Ingazeira e a juventude em missão. Os jovens, fazendo memória aos 60 anos da diocese, conduzirão a imagem de Santa Maria Madalena pelas 24 paróquias da diocese. Este importante trabalho tem, como fundamento, a piedade popular, a devoção e o conhecimento da Padroeira diocesana. O projeto terá a duração de um ano (julho 2017 a julho 2018) e durante esse período, três eixos pastorais serão trabalhados: Missão, Assessoria e Estruturas de Acompanhamento – abrangendo a evangelização da juventude de modo amplo, articulado, criativo, dinâmico e profundo.

CNBB estimula Jornada de Oração pelo Brasil por ocasião da Festa do Corpus Christi

O Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) após refletir sobre a realidade do Brasil em sua última reunião, dias 30 e 31 de maio, está convidado a todos para um momento de oração pelo Brasil, a ser realizada em todas as comunidades, paróquias, dioceses e regionais do país, no dia 15 de junho, data em que a Igreja celebra o Corpus Christi.

Segundo o bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, a Jornada de Oração é uma oportunidade para que os cristãos prestem esse serviço ao país, num momento de tantas incertezas, corrupção e injustiças, numa data tão simbólica em que a Igreja celebra a presença singela, próxima, alimentadora e esperançada de Jesus na Eucaristia.

Um dos trechos da oração, encaminhada a todos os bispos do país pelo Consep,  pede: “Estamos indignados, diante de tanta corrupção e violência que espalham morte e insegurança. Pedimos perdão e conversão. Cremos no vosso amor misericordioso que nos ajuda a vencer as causas dos graves problemas do País: injustiça e desigualdade, ambição de poder e ganância, exploração e desprezo pela vida humana”.

Veja a íntegra da oração:

JORNADA DE ORAÇÃO PELO BRASIL

 Dia de “Corpus Christi”

15 de junho de 2017

 A verdadeira paz começa no seu coração

Diante do grave momento vivido por nosso país, dirijamos nossa oração a Deus, para que dê a paz ao Brasil e ao mundo inteiro. “Reconhecemos a necessidade de rezar constantemente pela paz, porque a oração protege o mundo e o ilumina. A paz é o nome de Deus”. (Papa Francisco)

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vivemos um momento triste, marcado por injustiças e violência. Necessitamos muito do vosso amor misericordioso, que nunca se cansa de perdoar, para nos ajudar a construir a justiça e a paz, em nosso país.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Estamos indignados, diante de tanta corrupção e violência que espalham morte e insegurança. Pedimos perdão e conversão. Cremos no vosso amor misericordioso que nos ajuda a vencer as causas dos graves problemas do País: injustiça e desigualdade, ambição de poder e ganância, exploração e desprezo pela vida humana.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Ajudai-nos a construir um país justo e fraterno. Que todos estejam atentos às necessidades das pessoas mais fragilizadas e indefesas! Que o diálogo e o respeito vençam o ódio e os conflitos! Que as barreiras sejam superadas por meio do encontro e da reconciliação! Que a política esteja, de fato, a serviço da pessoa e da sociedade e não dos interesses pessoais, partidários e de grupos!

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso Filho, Jesus, nos ensinou: “Pedi e recebereis”. Por isso, nós vos pedimos confiantes: fazei que nós, brasileiros e brasileiras, sejamos artesãos da paz, iluminados pela Palavra e alimentados pela Eucaristia.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso filho Jesus está no meio de nós, no Santíssimo Sacramento, trazendo-nos esperança e força para caminhar. A comunhão eucarística seja fonte de comunhão fraterna e de paz, em nossas comunidades, nas famílias e nas ruas. Seguindo o exemplo de Maria, queremos permanecer unidos a Jesus Cristo, que convosco vive, na unidade do Espírito Santo. Amém!

(Pai nosso! Ave, Maria! Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo!)

Realizado encontro para salmistas em Triunfo

Na manhã do sábado, 03 de junho, aconteceu no Centro Pastoral Diocesano Stella Maris, em Triunfo, o encontro para os Ministros do Canto do Salmo-Salmistas. O encontro de formação foi coordenado pelos padres Josenildo Nunes de Oliveira, Claudivan Siqueira e a Pastoral Litúrgica Diocesana.

Ao todo, 112 pessoas de 9 paróquias estiveram participando: São Francisco de Assis (Afogados), Nossa Senhora da Penha (Serra Talhada), Nossa Senhora do Rosário (Serra Talhada), Bom Jesus Ressuscitado (Serra Talhada), São Sebastião (Quixaba), Nossa Senhora das Dores (Belmonte), Nossa Senhora dos Remédios (Tabira), Senhor Bom Jesus dos Remédios (Afogados), São José (Belmonte), Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Santa Cruz da Baixa Verde), Imaculada Conceição (Triunfo) e Nossa Senhora de Lourdes (Solidão).

O encontro foi encerrado pelo bispo diocesano, dom Egidio Bisol.

Bispo, reitor e seminaristas da diocese de Afogados da Ingazeira tiveram encontro com o Núncio apostólico, no Recife

Durante a passagem do Núncio apostólico no Recife, dom Giovanni D’Aniello, o bispo da diocese de Afogados da Ingazeira, dom Egidio Bisol, o reitor do Seminário Maior, Pe. Clério Airon e os seminaristas da diocese que estudam no Recife, estiveram em um encontro com o Núncio. Também, todos os seminaristas que estudam na Faculdade Católica de Pernambuco estavam presentes e algumas congregações religiosas. Representantes das dioceses de Palmares, Nazaré da Mata, Petrolina, Pesqueira, Afogados da Ingazeira e da arquidiocese de Olinda e Recife.

Missa de corpo presente do padre Mário foi realizada na Catedral

Foi celebrada na noite desta quinta (18) na Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios a missa de corpo presente do padre José Mário Bezerra. A missa foi presidida pelo padre Wellington Luiz (vigário paroquial de Flores) e concelebrada pelos padres Juacir Delmiro (vigário da Catedral) e Rogério Veríssimo (administrador paroquial de Iguaraci).
 
 
O corpo do padre chegou por volta das 17h30 em Afogados da Ingazeira e será velado até a manhã desta sexta na Catedral. Em seguida, será sepultado no cemitério São Judas Tadeu, no centro da cidade.
 
Padre Mário faleceu na manhã da quarta (17) vítima de um infarto, em João Pessoa-PB, onde atuava como capelão do Exército. Ele fazia parte do clero da arquidiocese de Olinda e Recife.
 

Encerrada a 55ª Assembleia dos bispos da CNBB realizada em Aparecida (SP)

Encerrou-se na manhã da sexta-feira, 5 de maio, a 55ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. O encontro foi realizado no Centro de Eventos Pe. Vítor Coelho de Almeida, situado no pátio do Santuário Nacional da Padroeira do Brasil, em Aparecida (SP). Na cerimônia de encerramento, os bispos realizaram uma breve oração de ação de graças pelos trabalhos realizados durante os dez dias que permaneceram reunidos convivendo, estudando, debatendo e rezando pela Igreja.

Eram mais de 370 membros da Conferência na reunião: cardeais, arcebispos, bispos diocesanos, bispos prelados, bispos auxiliares e coadjutores. Além desses bispos, estiveram presentes mais de 50 bispos eméritos, isto é, aqueles que já renunciaram ao governo de Igrejas Particulares e se encontram num tempo fértil de descanso e em  trabalhos diferentes. No encontro, os bispos contaram com a ajuda de grande equipe de colaboradores formada por assessores das comissões episcopais, funcionários e a equipe de serviços do Centro de Eventos.

Temário

O tema central da Assembleia, “Iniciação à Vida Cristã”, foi trabalhado em diversas sessões do encontro. Contou com estudos de grupos e plenários que, no final, votou e aprovou um texto final para ajudar as dioceses e comunidades na caminhada de constante renovação da iniciação à vida cristã de crianças, jovens e adultos.

Outros temas também receberam atenção particular dos bispos, entre eles estão: “Projeto Comunhão e Partilha”, iniciativa que completou 5 anos e é a expressão da solidariedade financeira para com dioceses pobres, principalmente para ajudar na formação do clero; “Pensando o Brasil”, um movimento que tem reunido estudos dos bispos em relação a diversas realidades sociais brasileiras. Este ano, o trabalho foi voltado para a Educação; “Celebração da Palavra de Deus”, um documento para animar comunidades que não podem ter a celebração da Eucaristia em várias partes do Brasil; “Ministros da Palavra”, ligado ao tema anterior, este documento analisado pelos bispos servirá de ajuda para a formação de pessoas que se capacitam para a pregação; “Novas formas de consagração e Novas Comunidades” também foi tema estudado pelos bispos.