Artigos

SERRA TALHADA

Encerramento da Festa de Nossa Senhora da Penha leva multidão às ruas de Serra Talhada

No sábado (08 de setembro) chegou ao fim as festividades de 228 anos em honra a Padroeira de Serra Talhada, Nossa Senhora da Penha. Também foram comemorados os 180 anos da Paróquia. A festa desse ano teve como tema "Cristão leigos e leigas: Sal da Terra e Luz do Mundo".

A procissão é a maior da diocese de Afogados da Ingazeira. Uma multidão acompanha o andor pelas ruas da cidade.

O bispo diocesano, dom Egidio Bisol, presidiu a celebração de encerramento das festividades com uma missa campal no patamar da matriz de Nossa Senhora da Penha.

"Maria, Nossa Mãe, nos mostra que há esperanças para o momento em que vivemos", disse dom Egidio no encerramento da Penha

Aconteceu na sexta, 08 de setembro, o encerramento das festividades em honra a Padroeira de Serra Talhada, Nossa Senhora da Penha. Foi a primeira festa em que esteve a frente o padre Josenildo Nunes, ex-pároco da Catedral. Essa foi a 227ª edição da festa.

As 09h teve a primeira concelebração presidida pelo bispo, dom Egidio Bisol. A tarde, por volta das 16h30, teve início a procissão que, como de costume, arrasta uma multidão pelas ruas de Serra Talhada.

Durante a missa campal que ocorreu em frente à matriz da Penha, dom Egidio falou que sabemos a quem recorrer nos momentos de dificuldades e aflições e sobre o momento por qual passa o nosso país. “Por isso que nós estamos aqui, vivemos momentos muitos difíceis, além das dificuldades que cada um de nós tem na sua vida pessoal, familiar e às vezes são muitas e pesadas, vivemos um momento difícil e doloroso na nossa sociedade e em nosso país. O que Ela (Nossa Senhora da Penha) nos diz hoje, tem uma saída sim: olhar para Jesus, tentar viver os valores que Ele viveu. Procurar colocar na base da sociedade a verdade e não a mentira, a fraternidade e não o aproveitamento, o bem de todos e não o meu bem pessoal, o serviço e não o poder, a solidariedade e não a cobiça de ter cada vez mais. Enquanto não trabalharmos para colocar na base da sociedade esses valores, dificilmente nós poderemos sair, porque a salvação de nosso país não será o dinheiro nem a economia, serão as pessoas livres e libertas, verdadeiras e solidárias”, disse o bispo.

Ainda durante a homilia, dom Egidio, disse que há esperanças e que Maria, Nossa Mãe, mostra isso. “Eu acho que hoje a nossa Mãe a quem recorremos procurando abrigo e também uma palavra ela nos diz isso, podemos ter esperança, ela está aqui no nosso meio. Ela é o sinal que Deus não nos abandona, nos quer bem, nos acompanha em todos os momentos da nossa vida e, diria mais ainda, nos momentos mais difíceis”, concluiu.

Ao final, Pe. Josenildo agradeceu aos grupos e movimentos e a todos que colaboraram para realização da festa.

Paróquias da Penha e Rosário celebraram juntas o Dia de Corpus Christi

As Paróquias de Nossa Senhora da Penha e Nossa Senhora do Rosário, ambas em Serra Talhada, celebraram juntas o dia de Corpus Christi na quinta-feira, 15 de junho. Primeiramente aconteceu a missa na Paróquia de Nossa Senhora da Penha e depois a procissão com o Santíssimo pelo centro da cidade. A bênção final ocorreu na Paróquia de Nossa Senhora do Rosário.

3ª Romaria da Juventude aconteceu dentro das festividades de Nossa Senhora da Penha

Dentro das festividades de Nossa Senhora da Penha (Serra Talhada) aconteceu a 3ª edição da Romaria da Juventude. A concentração teve início na Paróquia do Bom Jesus Ressuscitado de ondem os jovens, puxados ao som de um trio elétrico, seguiram até a Paróquia da Penha onde ocorreu a missa presidida pelo padre Wellington Luiz, vigário paroquial de Flores.

O padre Wellington avaliou como positiva a 3ª Romaria da Juventude e disse estar feliz por ter presidido a Santa Missa dedicada a juventude dentro das festividades de Nossa Senhora da Penha. “A avaliação que faço é de foi positiva e a gente percebe que já é o terceiro ano e a cada ano vem crescendo o número de jovens. A gente percebeu que teve muito empenho e a quantidade foi que chamou a atenção e eu fico grato de ter a oportunidade de ter presidido a noite da juventude. Então a palavra realmente que vai resumir tudo é o empenho e principalmente o crescimento da Romaria da Penha, a Romaria da Juventude”, disse.

Realizada VI Assembleia Diocesana da Pastoral do Menor

Neste domingo, dia 28 de maio, em Serra Talhada, aconteceu a VI Assembleia da Pastoral do Menor da diocese de Afogados da Ingazeira. O encontro contou com a presença de 19 pessoas das paróquias de Nossa Senhora da Conceição de Flores, Nossa Senhora da Conceição de Calumbi, Nossa Senhora da Penha, Nossa Senhora do Rosário e da Paróquia do Senhor Bom Jesus Ressuscitado. A Assembleia teve como objetivo avaliar, planejar e reanimar a caminhada da pastoral.